PT // EN // ES      

COMUNICAÇÕES

Larus Award 2017

Encontra-se a decorrer a última chamada de candidaturas ao LARUS AWARD 2017, o primeiro e único prémio nacional que distingue projetos de Design Urbano a nível internacional.

O objetivo é premiar o mérito de novos autores, valorizar trabalhos com um impacto positivo no urbanismo das cidades e na qualidade de vida dos cidadãos e promover o conhecimento, a originalidade e a inovação do Design Urbano.

Podem candidatar-se ao LARUS AWARD 2017 estudantes de Design, Designers, Arquitetos, Empresas e Ateliers de qualquer nacionalidade, nas categorias: "Prémio Académico" e "Prémio Profissional", até 30 de abril de 2018.

O júri internacional integra diversos especialistas e é presidido por Francisco Providência, Designer, Professor Universitário, fundador do atelier "Providência Design" e vencedor do Prémio Nacional de Design (1999).

Os vencedores serão galardoados com um Troféu de Excelência desenhado pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira, Prémio Pritzker 1992, e terão a oportunidade de expor os seus trabalhos na Bienal Ibero-Americana de Design.

Pedro Martins Pereira, fundador da Larus, explica que o LARUS AWARD 2017 ambiciona "responder aos difíceis e surpreendentes desafios que se colocam atualmente às empresas. Num mundo que se vai tornando extremamente competitivo, solicita-se ao Design que dê resposta às necessidades do mercado, auxiliando igualmente o aparelho produtivo. É nesse sentido que promovemos uma adequada utilização do Design, ferramenta determinante na pesquisa e no desenvolvimento, procurando soluções para as necessidades humanas, respeitando a economia de recursos e a identidade das gerações e das culturas, adequando os produtos às disponibilidades produtivas, ou sugerindo novas utilizações de materiais e de equipamentos produtivos."

Sublinhe-se que em 2011, a empresa lançou o Prémio Ibérico LARUS, apostando este ano na abrangência global, convidando estudantes e profissionais de todo o mundo a candidatarem os seus projetos e equipamentos de Design Urbano.
A LARUS é uma empresa portuguesa de mobiliário urbano que já conquistou cinco prémios mundiais de Design (Red Dot Award) e, em 2010, foi eleita a "Melhor Empresa Europeia na Gestão do Design".

Com a LARUS trabalham nomes reconhecidos da Arquitetura e do Design, como é o caso de Siza Vieira, Daciano da Costa, Souto de Moura, Alcino Soutinho, Carrilho da Graça, João Nunes, Josep Lluís Mateo, Francisco Providência ou Henrique Cayatte.

Hoje, a empresa mobila cidades em todo o mundo, como Lisboa, Porto, Londres, Madrid, Dubai, Casablanca, Maputo, Luanda ou Cidade do Kuwait.

Ler mais

OLI cresce 11% e atinge os 54 milhões de euros

Em 2017, a OLI, o maior produtor de autoclismos da Europa do Sul, atingiu um volume de negócios de 54 milhões de euros, que representa um aumento de 11%, face a 2016, e o quarto ano consecutivo do seu crescimento.

Esta progressão foi impulsionada particularmente pelo crescimento das exportações para a Escandinávia (50%) e Alemanha (26%), continuando a Europa a ser o principal mercado da empresa portuguesa.

O desenvolvimento de soluções inovadoras, nomeadamente autoclismos interiores, com tecnologia incorporada, que respondem às exigências da sustentabilidade hídrica e energética, e a criação de uma filial na Alemanha, em 2016, que alavancou a expansão da marca neste país, explicam os bons resultados das exportações escandinavas e germânicas.

Em 2017, a OLI produziu cerca de dois milhões de autoclismo e exportou 80% da produção para 80 países dos cinco continentes.

No mercado nacional, o crescimento foi de 12%, na comparação homóloga, tendo contribuído para esta subida a retoma do setor da construção, nomeadamente da construção nova e da reabilitação.

"A OLI é uma marca em crescimento e continuará a manter esta evolução. Este ano, estimamos crescer globalmente 10%, aumentar a quota de mercado em mercados estratégicos e continuar a colocar a inovação ao serviço da preservação da água, com o objetivo de salvaguardar a vida do planeta", afirma António Oliveira, Presidente da OLI.

Sobre a OLI:
A OLI, o maior produtor de autoclismos da Europa do Sul encontra-se sediada em Aveiro. Exporta 80% da produção para 80 países dos cinco continentes. Em 2017, registou um volume de negócios de 54 milhões de euros. A empresa integra 389 colaboradores em Portugal. A fábrica trabalha ininterruptamente 24 horas por dia, sete dias por semana, e tem uma produção semanal de 43,7 mil autoclismos e 64 mil mecanismos. É a única empresa portuguesa a produzir autoclismos interiores.

Ler mais

Colégio de Lamas estreia Salas de Aula do futuro

O Colégio de Lamas, em Santa Maria de Lamas, inaugurou as novas instalações da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico, onde foram criados “Ambientes Educativos Inovadores”, conhecidos como “Salas de Aula do Futuro”, que têm sido adotados um pouco por toda a Europa.

O Colégio de Lamas é a primeira escola do Distrito de Aveiro a integrar estes laboratórios de aprendizagem, propícios à utilização das tecnologias digitais, desde o ensino pré-escolar até ao secundário.

“Este projeto educativo, inspirado no ‘Future Classroom Lab’, desenvolvido pela ‘European Schoolnet’ e sob orientação da Direção Geral - Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas (ERTE), permite aos alunos construírem o seu próprio conhecimento, desenvolvendo competências como a criatividade, o pensamento crítico, a resolução de problemas, a liderança, a comunicação, a colaboração, a flexibilidade e a adaptabilidade”, explica Joana Vieira, Diretora do Colégio de Lamas.

“Nas novas instalações foram criados dois Ambientes Educativos Inovadores, formados por seis diferentes espaços de aprendizagem. Cada espaço coloca a tónica numa competência específica, explorando-se os elementos essenciais na aprendizagem do século XXI - os novos papéis e as novas competências de alunos e professores, as metodologias ativas de aprendizagem, as tecnologias digitais e as tendências da sociedade e da economia que determinam os novos rumos da educação”.

As “Salas de Aulas do Futuro” juntam-se a outros projetos relevantes do Colégio de Lamas, no âmbito da literacia digital, em parceria com a Microsoft School, a Academia de Código e Apple Education, reconhecidos como os melhores parceiros para a educação tecnológica em Portugal.

A cerimónia de inauguração das novas instalações contará com a participação de Emídio Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, e dos responsáveis da Direção Geral da Educação e DGEstE Norte, representantes da Universidade Católica e da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.

Ler mais