PT // EN // ES      

O futuro é Informática

A Universidade Portucalense (UPT), pioneira no ensino das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) em Portugal, responde ao desafio da Comissão Europeia e do Governo português, de aumentar o número de profissionais na área das TIC.

Atualmente, a Europa tem um forte défice de profissionais nesta área, estimando-se que existam 900 mil vagas de emprego por preencher até 2020. Para dar resposta a este problema, a 20ª edição do Mestrado em “Informática – Especialização em Engenharia de Software” inclui novas temáticas e tecnologias emergentes, como a “Internet das Coisas” (IoT), “Big Data” ou “Cloud Computing”.

Para despertar a atenção dos jovens para esta oportunidade, a UPT oferece, neste ano letivo, uma redução de 40% do valor total da propina do primeiro ano deste Mestrado.

A proximidade com o mercado de trabalho é uma das características desta formação, que reúne um leque alargado de empresas parceiras de referência.

No segundo ano deste curso, o estudante pode optar pela via profissionalizante, através da realização de um estágio em contexto empresarial, contribuindo para aumentar o número de profissionais desta área, ou pela via da Investigação.

As candidaturas decorrem entre 18 de janeiro e 17 de fevereiro e o início de aulas está previsto para o dia 6 de março.

Mais info em ww.upt.pt.[...]

Larus Award 2017

A empresa LARUS anuncia o lançamento do LARUS AWARD 2017 e a abertura de candidaturas, daquele que é o primeiro e único prémio nacional que distingue projetos de Design Urbano a nível internacional.

O objetivo é premiar o mérito de novos autores, valorizar trabalhos com um impacto positivo no urbanismo das cidades e na qualidade de vida dos cidadãos e promover o conhecimento, a originalidade e a inovação do Design Urbano.

Podem candidatar-se ao LARUS AWARD 2017 estudantes de Design, Designers, Arquitetos, Empresas e Ateliers de qualquer nacionalidade, nas categorias: “Prémio Académico” e “Prémio Profissional”, até 28 de fevereiro de 2017.

O júri internacional integra diversos especialistas e é presidido por Francisco Providência, Designer, Professor Universitário, fundador do atelier “Providência Design” e vencedor do Prémio Nacional de Design (1999).

Os vencedores serão galardoados com um Troféu de Excelência desenhado pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira, Prémio Pritzker 1992, e terão a oportunidade de expor os seus trabalhos na Bienal Ibero-Americana de Design.

Pedro Martins Pereira, fundador da Larus, explica que o LARUS AWARD 2017 ambiciona “responder aos difíceis e surpreendentes desafios que se colocam atualmente às empresas. Num mundo que se vai tornando extremamente competitivo, solicita-se ao Design que dê resposta às necessidades do mercado, auxiliando igualmente o aparelho produtivo. É nesse sentido que promovemos uma adequada utilização do Design, ferramenta determinante na pesquisa e no desenvolvimento, procurando soluções para as necessidades humanas, respeitando a economia de recursos e a identidade das gerações e das culturas, adequando os produtos às disponibilidades produtivas, ou sugerindo novas utilizações de materiais e de equipamentos produtivos.”

No início de 2017, a Larus organizará um ‘roadshow’ de promoção do prémio e de apresentação de alguns dos equipamentos da marca premiados internacionalmente nos Emirados Árabes Unidos, em Espanha, Marrocos.

Sublinhe-se que em 2011, a empresa lançou o Prémio Ibérico LARUS, apostando este ano na abrangência global, convidando estudantes e profissionais de todo o mundo a candidatarem os seus projetos e equipamentos de Design Urbano.
A LARUS é uma empresa portuguesa de mobiliário urbano que já conquistou cinco prémios mundiais de Design (Red Dot Award) e, em 2010, foi eleita a “Melhor Empresa Europeia na Gestão do Design”.

Com a LARUS trabalham nomes reconhecidos da Arquitetura e do Design, como é o caso de Siza Vieira, Daciano da Costa, Souto de Moura, Alcino Soutinho, Carrilho da Graça, João Nunes, Josep Lluís Mateo, Francisco Providência ou Henrique Cayatte.
Hoje, a empresa mobila cidades em todo o mundo, como Lisboa, Porto, Londres, Madrid, Dubai, Casablanca, Maputo, Luanda ou Cidade do Kuwait.[...]

OLI investe 3M€ em fábrica

A OLI, o maior produtor da Europa do sul de autoclismos, vai investir 3 milhões de euros na ampliação da fábrica de moldes do grupo, Moldaveiro, sediada em Aveiro. Este investimento tecnologicamente inovador permitirá aumentar a capacidade de produção em 50% e a qualidade no fabrico de moldes complexos e exigentes para as indústrias hidro-sanitária e automóvel de todo o mundo.

As obras de ampliação da unidade industrial devem iniciar-se no próximo mês de dezembro e estar concluídas no segundo semestre de 2017. Após a sua conclusão, a Moldaveiro contará com uma área coberta de dois mil quinhentos metros quadrados e integrará 45 colaboradores. Prevê-se que 50% da produção seja exportada e o volume de negócios duplique, atingindo os cinco milhões de euros em 2018.

António Oliveira, Presidente da OLI, indica que o investimento na Moldaveiro "enquadra-se no plano de expansão industrial do grupo e resulta da forte aposta na inovação. O aumento da competitividade da Moldaveiro será determinante para a OLI prosseguir a sua estratégica internacional e de resposta às crescentes exigências tecnológicas. O desenvolvimento internacional da OLI dependerá da capacidade de inovar”.

Este ano, a OLI estima atingir um crescimento próximo de 10% e reforçar o seu posicionamento de marca inovadora de soluções de banho sustentáveis e inclusivas, em mercados exigentes e competitivos.
Nos últimos cinco anos, a empresa investiu 10 milhões de euros em inovação. Atualmente tem 45 patentes ativas na Europa e, pelo terceiro ano consecutivo, é das empresas em Portugal com mais pedidos de patentes junto do Instituto Europeu de Patentes.

Sobre a OLI:
A OLI é líder ibérica na produção de autoclismos e está sediada em Aveiro. Exporta 80% da produção para 70 países dos cinco continentes. Em 2015, registou um volume de negócios na ordem dos 46 milhões de euros. Atualmente, a empresa integra 370 colaboradores em Portugal. A fábrica trabalha ininterruptamente 24 horas por dia, sete dias por semana, e tem uma produção semanal de 45 mil autoclismos e 138 mil mecanismos. É a única empresa portuguesa a produzir autoclismos interiores. Em 2012 venceu o “Prémio Kaizen Lean”, do Instituto Kaizen, na categoria “Excelência na Produtividade” pela eficiência operacional. A distinção reconhece a melhoria contínua e a inovação dos processos da OLI que se tornou uma referência mundial e uma marca de excelência.[...]

Cobermaster lança marca de luxo

Nasceu uma nova marca portuguesa. A Cobermaster Concept é uma loja física e ‘online’, onde é possível comprar mobiliário ‘premium’ fabricado em gradil tridimensional, em edições numeradas e limitadas, motos personalizadas, ‘gadgets’ de som ou vinhos com ‘packaging’ de design exclusivo.

Secretárias com tampos de vidro temperado com partículas de ouro ou prata, vinhos de 1937, garrafeiras de design, motos a relembrar outros tempos e equipamentos de áudio “retro” estão disponíveis para compra ‘online’ em www.cobermasterconcept.com e na primeira e recém-inaugurada loja da marca, em Santa Maria da Feira.

Em 2017, a Cobermaster Concept prevê inaugurar novas lojas em Lisboa, Porto, Madrid e Casablanca. A detentora da marca é a empresa metalomecânica com o mesmo nome, líder nacional de produção de gradil e a única no mundo a produzir gradil tridimensional. Este material era, até ao momento, utilizado no pavimento de cidades, indústrias, plataformas petrolíferas e fachadas de edifícios, tendo a Cobermaster desafiado a sua aplicação na produção de mobiliário de escritório e na arquitetura de interiores.

Para Frederico Albergaria, CEO da Cobermaster, a criação da marca é um investimento com “elevado potencial que resulta do espírito de permanente inovação da empresa e representa a capacidade de transformar o gradil tridimensional num elemento com caraterísticas únicas e esculturais”. O gestor assume que o “objetivo foi disponibilizar num único espaço produtos com design, qualidade e diferenciação e com duas características comuns - alma e carácter”.
A Cobermaster tem uma unidade industrial em Oliveira de Azeméis, equipada com um centro de serviços de transformação metálica que permite a produção de grandes e pequenas séries de componentes metálicos e de peças únicas de prototipagem.

Os principais clientes são “players” mundiais da Indústria e das Energias Renováveis - mais de 1000 torres eólicas, em todo o mundo, estão equipadas com o gradil da empresa fundada há 13 anos.

Em 2015, 85% da produção da Cobermaster teve como destino o mercado externo, nomeadamente Arábia Saudita, Angola, Brasil, França, Espanha e Marrocos e Moçambique.[...]

UPT estreia Relações Internacionais

A Universidade Portucalense estreia no próximo ano letivo 2016-2107 a licenciatura em Relações Internacionais.

O curso contempla um plano de estudos adaptado às necessidades do mercado de trabalho mundial contemporâneo, contribuindo para a construção de um perfil profissional atrativo para os potenciais empregadores dos diplomados nesta área.

A estrutura curricular da licenciatura permite aos alunos selecionarem um conjunto de disciplinas focadas numa área científica que se alinhe com os seus objetivos de carreira. Podem terminar a licenciatura com uma especialização em Diplomacia e Estudos de Área ou um ‘minor’ em Direito, Gestão, Economia ou Turismo.

Esta diversidade formativa desenvolve as competências essenciais ao exercício das suas futuras atividades profissionais.

Mais informação disponível em www.upt.pt.[...]

InovaDomus promove debate internacional

No dia 7 de junho, a InovaDomus - Associação para o Desenvolvimento da Casa do Futuro - organiza o Seminário Internacional “Eficiência Energética na Reabilitação de Edifícios”, que contará com a participação do Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches.

O evento decorre no Teatro da Vista Alegre, em Ílhavo, a partir das 9h30, e é realizado em parceria com a Universidade de Aveiro e a Câmara Municipal de Ílhavo.

Mais de 20 oradores nacionais e internacionais, entre eles investigadores, empresários, gestores e especialistas, irão apresentar projetos de Eficiência Energética desenvolvidos na Reabilitação Urbana de zonas históricas e analisar as suas especificidades.

O programa integra quatro painéis de discussão:
- A importância da Eficiência Energética na Reabilitação;
- A Reabilitação de Edifícios – Soluções de Reabilitação;
- A integração das Energias Renováveis na Reabilitação;
- O mercado e as oportunidades de financiamento.

“Em Portugal, reconhece-se que a retoma da Economia terá que passar pela revitalização do setor da construção, através da Reabilitação Urbana e pela implementação de soluções mais sustentáveis, ao nível da energia e do conforto. A melhoria da eficiência dos edifícios é uma preocupação permanente, mas à qual o setor tem respondido, aplicando normalmente as mesma soluções que aplica na construção nova. Nesse sentido, impõe-se discutir as especificidades da reabilitação com todos os ‘players’ envolvidos, com o objetivo de explorar desafios e oportunidades”, afirma António Oliveira, Presidente da InovaDomus.
As inscrições são gratuitas, mas estão sujeitas a inscrição prévia através do preenchimento de um formulário disponível em: http://www.inovadomus.pt/formulario.html

Sobre a InovaDomus: A InovaDomus - Associação para o Desenvolvimento da Casa do Futuro é uma rede de cooperação no domínio do habitat com a missão de promover e divulgar a inovação concetual, científica e tecnológica, relacionada com o desenvolvimento de novos produtos e processos no domínio da habitação. Criada em 2002, a InovaDomus é uma Associação sem fins lucrativos constituída pela Universidade de Aveiro e um conjunto de 10 empresas: Efapel, Extrusal, Iberfibran, OLI, Rederia, Revigrés, Saint-Gobain Weber Portugal, Somague e Umbelino Monteiro.[...]

OLI no Vincci Liberdade

O hotel Vincci Liberdade, em Lisboa, escolheu as soluções hidricamente sustentáveis e de design da OLI para os espaços de banho.

Os equipamentos selecionados foram: os autoclismos interiores “OLI 74 Plus”, que se destacam pelo rápido e silencioso enchimento; os sistemas de instalação “Sanitarblock” para a instalação de louça sanitária suspensa; e a placa de comando “Oceania” em inox mate.

O Vincci Liberdade, com quatro estrelas, está instalado num edifício clássico de 1902, em pleno coração da capital portuguesa, e dispõe de 82 quartos.

A OLI reforça assim a sua participação em projetos de construção de referência, através de soluções inovadoras produzidas com recurso às últimas tecnologias e ambientalmente responsáveis.[...]

Reinauguração do Hotel das Salinas

O Hotel das Salinas, localizado no centro histórico de Aveiro, será reinaugurado no próximo dia 3 de junho, sexta-feira, às 18h, após a conclusão das obras de renovação iniciadas em dezembro de 2015.

O projeto de remodelação da unidade hoteleira representou um investimento de meio milhão de euros. A modernização dos quartos e áreas comuns permitiu criar um estúdio hotel de referência em Aveiro, que aposta no segmento de lazer e empresarial e proporciona estadias com autonomia, privacidade, conforto, bom-gosto e serviço personalizado.

Carla Santos, administradora do Hotel das Salinas, indica que o processo de remodelação foi “necessário para responder à crescente procura turística na cidade, superar as expectativas dos clientes e garantir elevados padrões de qualidade”.

“Com este investimento pretendemos reforçar a presença do Grupo Albôi [detentor do Hotel Aveiro Center e Alojamento do Albôi] no mercado hoteleiro de Aveiro, através da oferta de alojamentos de qualidade com um serviço diferenciador”.

O Hotel das Salinas dispõe de um total de 18 quartos - nove quartos duplos e nove estúdios twin, com kitchenette equipada com fogão, frigorífico e louça.

Ao longo dos três pisos descobrem-se a arte a cultura portuguesas, através de poemas de Fernando Pessoa e pinturas de Amadeo de Souza-Cardoso, Almada Negreiros, Paula Rêgo e Vieira da Silva. A decoração é contemporânea com mobiliário funcional, cores neutras e detalhes de Siza Vieira.

O Hotel das Salinas oferece as melhores vistas para o canal central da Ria de Aveiro, onde se fazem passeios de barcos moliceiros. A cinco minutos a pé do hotel, encontram-se os mais belos edifícios da Arte Nova, a Sé Catedral, os museus da cidade, a Universidade e a movimentada zona da Praça do Peixe com os seus restaurantes, bares e lojas. A uma curta distância, os clientes podem descobrir as praias da Costa Nova e da Barra, a Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto e as Salinas de Aveiro, onde se podem apreciar aves, salicórnia e ainda os trabalhos dos marnotos e das salineiras na exploração do sal.

 

Sobre o Hotel das Salinas: O Hotel das Salinas integra o grupo de hotéis Albôi, fundado em 1988 por José Pires dos Santos. O Hotel das Salinas surgiu da antiga Hotelaria do Albôi que começou a operar em 1999. O edifício foi construído em 1997 e tem uma fachada típica aveirense que se destaca pelo seu enquadramento na zona antiga da cidade.

 



 [...]

Larus lança "Africa Life"

A Larus, empresa portuguesa de mobiliário urbano, lança o projeto de Saúde Pública “Africa Life”, com o objetivo de apoiar as populações carenciadas do continente africano no acesso à saúde, através de equipamentos de ‘check-up’ médico.

O “Africa Life” é uma unidade móvel de consulta e internamento apta a tratar 10 mil doentes por ano gratuitamente. É constituída por três módulos para consulta (vacinação, análises, medicação intravenosa, testes de eletrocardiograma, espirometria, gasometria ou ainda manobras de suporte básico de vida), internamento e isolamento para doenças infecto-contagiosas. Dispõe ainda de um “software” específico que permite a avaliação, a implementação do tratamento e o arquivo do historial clínico.

O projeto foi desenvolvido ao longo de 2015 e envolveu a análise dos dados publicados pela Organização Mundial de Saúde relativos aos problemas de saúde mais frequentes nos países africanos, no sentido de definir o rastreio e as formas de atuação mais efetivas. Ressaltam, como principais doenças, as infecto-contagiosas, sobretudo HIV e tuberculose, as respiratórias e a malária. Seguem-se os problemas neonatais e, em grande evolução, a hipertensão arterial.

Pedro Martins Pereira, presidente da Larus, revela que estão a ser desenvolvidos contactos formais com os governos de vários países de África, no sentido de implementar este projeto ao longo de 2016, e combater a saúde precária que caracteriza a maioria dos países do continente mais pobre do mundo.
Com o “Africa Life”, a Larus reforça a sua intervenção na criação de soluções para o espaço público que melhorem as condições de vida e as necessidades básicas das populações. Destaque-se que o “Africa Life” foi desenvolvido em parceria com a empresa Iberia Advanced Health Care, especialista em investigação e implementação de projetos nas áreas científicas.

Sobre a LARUS:
A LARUS é a marca portuguesa de mobiliário urbano com os mais importantes prémios nacionais e internacionais e, em 2011, foi considerada a melhor empresa europeia na implementação do Design pelo Centro Europeu de Design. A originalidade e a diversidade das suas soluções resultam de uma estreita colaboração com os maiores nomes da Arquitetura e Design nacional. Siza Vieira, Souto Moura, Daciano da Costa, Alcino Soutinho, Henrique Cayatte ou Francisco Providência. A LARUS conta 22 anos de história e tem hoje uma presença internacional em Espanha, Reino Unido, Bélgica, Holanda, Alemanha, França, Angola, Marrocos e Estados Unidos da América.[...]

Economia e Ética em debate

No dia 13 de maio, a partir das 9h30, na Aula Magna da Universidade Portucalense, a ética nos negócios será analisada por Jorge Líbano Monteiro, secretário-geral da Associação Cristã de Empresários e Gestores, Fernando Monteiro, administrador da SIVA, Arnaldo Figueiredo, vice-presidente da Mota-Engil, João Ermida, consultor, e João Luís Peixoto Sousa, diretor do jornal Vida Económica. A moderação do debate estará a cargo do jornalista Camilo Lourenço.


“O regresso da ética à economia em geral e, aos negócios, em particular, é um assunto que urge discutir no meio académico e empresarial, no sentido de realçar a importância da ética na atividade profissional dos futuros economistas e gestores”, explica Filomena Castro Lopes, diretora do Departamento de Economia, Gestão e Informática.


As jornadas “Ética e Economia: o reencontro” reúnem gestores e representantes dos setores automóvel, financeiro, construção civil e obras-públicas e comunicação social, que irão debater a dimensão da ética no mundo dos negócios e as principais causas da crise global.
“O propósito é contribuir para reabilitar a imagem do Economista e Gestor Profissional e evidenciar a relevância para a economia de uma conduta ética das organizações e da própria sociedade”, justifica a docente.A participação nas jornadas é gratuita, mediante a inscrição prévia em www.upt.pt.

 

 [...]