PT // EN // ES      

OLI investe em energia limpa

A OLI concluiu um investimento de 500 mil euros, no âmbito da energia solar fotovoltaica, para produzir energia limpa e reforçar a sua competitividade.

A empresa, líder ibérica na produção de autoclismos, equipou a cobertura do seu complexo industrial, em Aveiro, com 2.700 painéis solares fotovoltaicos, numa área total de 5.400 metros quadrados, que representa uma potência global de mil Kwp (quilowattpico), visando o autoconsumo fotovoltaico.

Com uma atividade industrial intensa - a fábrica trabalha ininterruptamente 24 horas por dia, sete dias por semana -, estima-se que este investimento resulte na poupança anual de energia na ordem dos 16% e na redução da fatura em 150 mil euros.

Anualmente, o consumo de energia da OLI situa-se nos 8.5 milhões Kwh (quilowatt-hora). Destaque-se que em 2016, a empresa tinha já dado um passo importante, no domínio da sustentabilidade energética, com a conversão de toda a iluminação exterior e interior para lâmpadas LED.

Para António Oliveira, Presidente da OLI, esta aposta na eficiência, através da energia solar fotovoltaica, “é mais um investimento estratégico ao nível da sustentabilidade ambiental e da competitividade da empresa, que concorre cada vez mais com grandes ‘players’ mundiais. A inovação e a sustentabilidade orientam não só o desenvolvimento dos nossos produtos, mas também as práticas diárias, os processos e as infraestruturas, por isso estamos já a trabalhar em novos projetos para apresentar em 2020”.

 

 

 [...]

Uma eco freguesia amiga das pessoas

A completar dois anos do mandato autárquico, a Junta de Freguesia de S. Salvador, de Ílhavo, presidida por João Campolargo, faz um balanço positivo da governação.  

“Crescemos no número de trabalhadores, crescemos nas respostas, na operacionalidade, na proximidade e na manutenção. Crescemos no número de espaços geridos, como o Mercado Municipal, o Parque de Merendas da Murteira, ou os Parques Geriátricos. Aumentámos o número de serviços prestados, com o Gabinete de Inserção Profissional, o apoio à execução do IRS, a oferta de mais informação do programa Q+ do Cemitério de Ílhavo e a sua presença online. Crescemos também na Responsabilidade Social com a inclusão de um elemento da Junta de Freguesia nas reuniões do Núcleo Local de Inserção, a integração de quatro novos trabalhadores a tempo indeterminado durante o ano de 2019 e a receção de estagiários de áreas sensíveis de formação com dificuldades formativas. Podemos dizer que estivemos mais perto de todos, ao longo destes dois anos de mandato”, afirma João Campolargo.

Ao nível do Ambiente e da Sustentabilidade, a Junta de Freguesia de S. Salvador é hoje uma eco freguesia. Destacam-se a inclusão de garagens nos contentores de resíduos sólidos urbanos, a execução de caixas para os eco pontos, a diminuição dos consumos de água no exercício das funções da Junta, as limpezas da via pública com rotinas programadas, a sensibilização através da fixação de mensagens em pendões na via pública, a eliminação de monos e lixos em berma, com a colocação de mensagens fortes de proibição, a manutenção de ervas curtas, para melhor identificar os lixos, e o combate às plantas invasoras, como a erva das pampas, entre outras.

Ao nível da Informação, a Junta de Freguesia investiu na organização digital dos arquivos, através da sua desmaterialização. Todas as reuniões do Executivo e da Assembleia foram digitalizadas e arquivadas no Arquivo Distrital de Aveiro e foram criados livros, com encadernação especial, para consulta na sede da Junta de Freguesia.

Ao nível do Desenvolvimento Económico-Social, investiu-se na atração de novos negócios e projetos para a freguesia. Recorreu-se a financiamentos com êxito, como o Programa Juntar, apostou-se no apoio à inserção profissional e apoio psicossocial, através do Gabinete de Inserção Profissional do IEFP, reforçou-se a cooperação com o Agrupamento de Escolas de Ílhavo. Fomentou-se as geminações, tendo a geminação de Ílhavo com a Fuseta resultado num livro.

“Ao longo destes dois anos, trabalhámos por uma terra em que as pessoas vivem com dignidade, qualidade e com oportunidades para crescer. Uma terra que respeita o meio ambiente, porque só de uma forma sustentável conseguimos usufruir da nossa magnífica natureza. Uma terra que faz da solidariedade uma prioridade e que está atenta e preparada para agir junto dos mais desfavorecidos. Uma terra que celebra, com alegria a vida, as tradições e a cultura, abrindo portas a tudo de bom o que o futuro e o desenvolvimento possam trazer. Uma terra que aposta na educação e formação das crianças, jovens, adultos e idosos, e em que as diferentes gerações convivem e geram riqueza cultural e afetiva. Uma terra dinâmica na qual os investidores apostam, gerando emprego e produzindo riqueza”, sublinha o autarca.

 [...]

Direito e Gestão

A Universidade Portucalense lançou um Short Master Executivo em Direito e Gestão.

Este curso é dirigido a executivos, advogados, juristas, consultores e outros profissionais que atuam em empresas e necessitam de adquirir ou aprofundar conhecimentos nas áreas de Gestão e Direito.

Com um corpo docente altamente qualificado e com experiência no meio empresarial, o Short Master Executivo em Direito e Gestão é um investimento no conhecimento pluridisciplinar que a globalização dos negócios exige. 

Mais informação disponível aqui.[...]

Colégio de Lamas convida Keith Terry

No dia 1 de outubro, data em que se celebra o Dia Mundial da Música, o norte-americano Keith Terry estará em Portugal, para uma Masterclass de Música Corporal, entre as 9h e as 12h, no Colégio de Lamas, no concelho de Santa Maria da Feira.

Keith Terry é o pioneiro e a referência mundial da música corporal. Com mais de três décadas de carreira, Terry produziu vários trabalhos, destacando-se o livro/DVD, “Rhythm of Math”, que ensina às crianças conceitos matemáticos através da percussão corporal. É fundador e diretor artístico do International Body Music Festival (IBMF), um evento que explora as linguagens da música corporal nas mais diversas culturas.

As suas apresentações, palestras, residências e cursos já percorreram os quatro cantos do mundo, envolvendo alunos, artistas profissionais e educadores. Foi professor na Universidade da Califórnia, em Los Angeles, onde ensinou sobre a relação entre a música e a dança: a escuta profunda, o tempo musical e a comunicação intercultural nas artes.

Ao longo do dia, Keith Terry irá conhecer o trabalho que o grupo de percussão do Colégio de Lamas, "Ritmare”, tem desenvolvido e os alunos terão oportunidade de aprender e partilhar experiências com a maior referência mundial da "body music".

 [...]

Museu de Lamas tem nova identidade

O Museu de Lamas adotou uma nova identidade visual desenvolvida pela AD Communication, que reflete o novo ciclo da sua história, um ano depois de ter integrado a Rede Portuguesa de Museus (RPM).

A nova identidade visual inclui um novo logotipo, com linhas mais simples, em que a estilização do edifício, contruído nos anos 50 do século XX, assume particular destaque. Com esta evolução gráfica, o Museu de Lamas redefine o seu posicionamento e assume o objetivo de se transformar num centro cultural de referência, multidisciplinar, que alia futuro, tradição e memória.

“Este é um ponto de viragem na história do Museu e um novo marco na cronologia, quinze anos após o início da recuperação, reorganização e relançamento. Este é um edifício que alberga um espaço socialmente ativo, cultural e pedagogicamente relevante, pela evocação de histórias e estórias, contribuindo para aprofundar e divulgar, através do seu acervo e dinâmica interpretativa, o conhecimento do património artístico, científico, industrial, histórico e etnográfico local, municipal, regional, nacional e mesmo internacional”, explica Susana Ferreira, Diretora do Museu de Lamas.

A acompanhar esta nova dinâmica, está a apresentação da nova atividade “Restauro ao Vivo no Museu” que decorrerá entre julho e setembro. “O objetivo é oferecer experiências, conteúdos diferenciadores e oportunidades de aprendizagem e conhecimentos, aumentando assim a interação com o público e consciencializando para a preservação do espólio”, afirma Susana Ferreira.

Popularmente conhecido de “Museu da Cortiça”, o Museu de Lamas, fundado por Henrique Amorim (1902-1977), benemérito e industrial da cortiça, apresenta coleções de Arte Sacra, Estatuária Portuguesa, Etnografia, Ciências Naturais, Escultura em Cortiça/aglomerado de Cortiça e Arqueologia industrial.

 [...]

Dia de festa na Base Aérea de Ovar

No dia 14 de julho, a Força Aérea Portuguesa abre as portas do Aeródromo de Manobra Nº1 em Ovar/Maceda para um dia de festa, que promete superar a fasquia dos 5000 visitantes do ano passado, e ao qual o Dolce Vita Ovar se associa.

A partir das 10h até às 17h, os entusiastas da aviação podem conhecer as aeronaves, fazer batismos de voos, conhecer as atividades operacionais e visitar o polo do Museu do Ar e o setor de Assistência e Socorro.

O evento terá animação musical com a participação dos “The Teasers”, uma banda de rock de Ovar. Paralelamente, o Dolce Vita Ovar tem um programa de animação com Ateliês de Ciência “Tampas Voadoras” e “Plantas com Pinta”, aulas de Zumba (manhã) e de Bootcamp (tarde), insufláveis, paintball e um Mostra Gastronómica de Ovar e Santa Maria da Feira. A participação é gratuita em todas as atividades.

No âmbito desta colaboração, o Dolce Vita Ovar tem em exposição o avião Chipmunk, da Força Área Portuguesa até 31 de julho.

Sobre o Aeródromo de Manobra Nº1
O Aeródromo de Manobra Nº 1 (AM1) da Força Aérea, vulgarmente conhecido como a Base de Ovar, está localizado em Maceda - Ovar, 30 Km a Sul da cidade do Porto. A sua construção iniciou-se por fases, em 1957, tendo ficado concluída em 1966. Era sua missão proporcionar facilidades de estacionamento e apoio a aviões de Patrulhamento Marítimo da NATO, em caso de guerra (Guerra Fria).
Em 02ABR65 foi atribuída à Força Aérea a responsabilidade da manutenção e operação do AM1/INOVAR. É esta a data que, desde 1980, tem vindo a ser comemorada como «O DIA DA UNIDADE».
Após a implosão do Pacto de Varsóvia, em 1991, o AM1 passou a ter uma narrativa principalmente vocacionada para o apoio às missões de interesse público.
Na vertente do apoio a missões de interesse público, o AM1 acolhe, há vários anos, o destacamento permanente de um helicóptero da ESQ 552 da BA11, para Busca e Salvamento na zona Norte do país bem como tem servido, sempre que necessário, de base a meios aéreos dedicados a operações de combate a incêndios florestais. Da mesma forma, tem apoiado missões de transporte de equipas médicas de recolha de órgãos para transplantes urgentes na zona Norte do país.
A Infraestrutura aeronáutica do AM1 tem-se revelado essencial para a afirmação da soberania nacional ao conferir às aeronaves da Força Aérea mais flexibilidade e maior alcance no Espaço Estratégico de Interesse Nacional Permanente quando em missões de: Busca e Salvamento; Fiscalização da Zona Económica Exclusiva; Vigilância Marítima; Defesa Aérea, controlo e acompanhamento de forças militares estrangeiras, controlo das pescas e da poluição.

Sobre o Dolce Vita Ovar
O Dolce Vita Ovar foi inaugurado em abril de 2007 e disponibiliza cerca de 65 lojas, numa área com mais de 20 mil metros quadrados. Integra um hipermercado Continente, uma área de restauração, uma sala de cinema e o maior ginásio com piscina interior de Ovar. Possui um parque de estacionamento gratuito com mais de 1.300 lugares.[...]

Portucalense prepara para admissão ao CEJ

A Universidade Portucalense lança a 32ª edição do Curso de Preparação para Admissão ao Centro de Estudos Judiciários.

As candidaturas estão abertas até 16 de setembro. O curso dispõe de150 vagas e terá a duração de 4,5 meses.

As aulas têm início a 23 setembro.

Mais informação em www.upt.pt.[...]

OLI no Hospital Privado da Madeira

A OLI foi escolhida para equipar o recém-inaugurado Hospital Particular da Madeira (HPM), o primeiro daquela região.


Nos espaços de banho do HPM foram instalados os autoclismos interiores “OLI 74 Plus Sanitarblock”, que se destacam por ser hidricamente eficientes e silenciosos, e as placas de comando “Globe Mate”. Ambas as soluções foram desenvolvidas no Departamento de Investigação e Desenvolvimento e produzidos na fábrica da OLI, em Aveiro.


O Hospital Privado da Madeira junta-se assim a outras unidades de saúde nacionais e internacionais que selecionaram a inovação, a sustentabilidade e a segurança das soluções da OLI, como o Hospital Cuf no Porto, o Hospital Francisco de Assis em Madrid, o Hospital Ichilov Medical Center em Telaviv ou o Hospital Mowasat no Kuwait.


A inovação tem permitido à OLI consolidar a sua presença em projetos de saúde e de hotelaria de referência em todo o mundo. Nos últimos cinco anos, a empresa mobilizou 12,5 milhões de euros para área de Investigação e Desenvolvimento. Atualmente, tem 45 patentes ativas na Europa e, nos últimos três anos, surgiu no ‘top 3’ das empresas em Portugal que mais patentearam na Europa.

Sobre a OLI:
A OLI é líder ibérica na produção de autoclismos. Integra 401 colaboradores em Portugal e em 2018 obteve um volume de negócios de 56,3 milhões de euros. A fábrica trabalha ininterruptamente 24 horas por dia, sete dias por semana, e tem uma produção anual de 2 milhões de autoclismos e 2,8 milhões mecanismos. É a única empresa portuguesa a produzir autoclismos interiores.[...]

OLI convida Pedro Abrunhosa

A OLI e a Câmara Municipal de Aveiro apresentam, esta quinta-feira, dia 11, às 14h30, em conferência de imprensa, o concerto de Pedro Abrunhosa & Comité Caviar, integrado nas comemorações da Festa de Santa Joana, no dia 11 de maio, às 22h.

Na conferência de imprensa estarão presentes António Oliveira, Presidente da OLI, José Ribau Esteves, Presidente da Câmara Municipal de Aveiro, e o músico Pedro Abrunhosa.

Este é o quarto concerto que a OLI oferece à cidade, no âmbito das comemorações do feriado municipal. No ano em que a empresa comemora o seu 65º aniversário, este concerto tem um significado especial, por isso convidou um músico de todos os tempos.

Pedro Abrunhosa apresentará o novo disco “Espiritual”, o oitavo álbum de originais, que compôs e gravou nos últimos dois anos.

A OLI é líder ibérica na produção de autoclismos. Sediada em Aveiro, a fábrica trabalha ininterruptamente 24 horas por dia, sete dias por semana, e tem uma produção anual de 2 milhões de autoclismos e 2,8 milhões mecanismos. Reconhecida pela inovação, a OLI tem 45 patentes ativas e exporta para 80 países dos cinco continentes.[...]

Portucalense e OutSystems criam "Summer School"

A Universidade Portucalense organiza, em colaboração com a OutSystems, a primeira “Summer School” dedicada ao desenvolvimento de software “low-code”, de 25 e 28 de junho, com aulas expositivas articuladas e sessões práticas “hands on”.


A tecnologia “low code” permite aos programadores desenvolver aplicações de software de forma mais rápida e simples do que as linguagens de programação tradicionais, caracterizadas pela sua complexidade e elevado nível de abstração. De acordo com a consultora internacional Forrester, o crescimento do mercado de desenvolvimento de software “low-code”será de 15,5 mil milhões de dólares até 2020.


O curso tem como objetivo fornecer formação em diferentes aspetos e temáticas desenvolvimento de software “low-code”, utilizando a plataforma de desenvolvimento da OutSystems. Esses tópicos incluem desenvolvimento orientado a modelos, software baseado em nuvem como serviço, qualidade de software e segurança de software.


A OutSystems é uma empresa tecnológica, de desenvolvimento de aplicações de software, com uma valorização superior a mil milhões de dólares, o que a torna no segundo unicórnio de origem portuguesa. A empresa atua no mercado do desenvolvimento rápido de aplicações de software (“low code”), oferecendo uma plataforma ágil de desenvolvimento de software e sendo um dos líderes mundiais neste domínio.

 

Mais info em www.upt.pt.[...]

Início
Anterior
1