PT // EN // ES      

Novo dono do Dolce Vita Ovar investe 2M€

A White Sand Capital Portugal, proprietária do Dolce Vita Ovar desde março último, iniciou um plano de investimento na ordem dos 2 milhões de euros (2M€) para transformar este centro comercial, localizado em Ovar, num novo conceito de centro comercial que se designa por “VIDA Lifestyle” e pretende ser um lugar central da região entre Porto e Aveiro.


O grupo internacional anuncia que decorrerá, nos próximos 18 meses, um investimento relevante na renovação do ativo, com o intuito de melhorar a experiência de compra focada no “customer care”, desporto, lazer e negócios.
O novo conceito “VIDA Lifestyle” do Dolce Vita Ovar, que incluirá o ‘rebranding’ do próprio centro comercial, será inspirado na vida e promete oferecer áreas mais amplas, zonas de contacto com a natureza e um ambiente onde cada um encontra o seu lugar.
A curto prazo, nas áreas exteriores, o grande terraço ao ar livre acolherá um spot de alimentação e bebidas e serão criados três parques: infantil, fitness e animal. Nas áreas interiores, a praça da alimentação será renovada, nascerá um ‘playground’ para crianças e serão disponibilizados novos espaços de estar e de WC.


Neste momento, o centro comercial encontra-se a negociar a presença de novas marcas, com o objetivo de alargar a oferta ao consumidor e integrar serviços de bem-estar e saúde.
A aquisição do Dolce Vita Ovar e a sua renovação representam o início de um plano de investimentos da White Sand Capital Portugal nos setores do retalho e do lazer em Portugal, sendo o Dolce Vita Ovar “o primeiro de muitos outros Centros que irão respirar uma nova vida”.


“Toda a área envolvente do Dolce Vita Ovar é única, com a natureza, a arena desportiva, a indústria e os bons acessos rodoviários. Quando visitámos Ovar pela primeira vez, ficamos impressionados com o incrível edifício do centro comercial e esse cenário envolvente. Com os excelentes lojistas âncora e as grandes oportunidades de melhoria, sabíamos que poderíamos causar um impacto positivo na oferta aos residentes de Ovar e de toda a área entre Porto e Aveiro”, refere a Administração da White Sand Capital Portugal para justificar a aposta no Dolce Vita Ovar.[...]

Selo Clean&Safe

O Hotel das Salinas e o Hotel Aveiro Center, unidades hoteleiras do Grupo Albôi localizados no centro histórico de Aveiro, reabriram as suas portas após um encerramento temporário devido à pandemia da COVID-19.

Ambos os hotéis retomam a atividade com o selo de distinção "Clean&Safe", emitido pelo Turismo de Portugal, que garante a implementação de todas as recomendações da Direção Geral de Saúde relativamente às medidas de higienização e segurança definidas para evitar a contaminação dos espaços com o novo coronavírus.

Entre as medidas adotadas, destaque para a oferta de um kit de proteção sanitária a todos os hóspedes (inclui máscara, luvas e álcool-gel), o serviço de pequeno almoço à la carte no quarto, a colocação de acrílicos de proteção nas receções e o reforço dos procedimentos de limpeza e higienização dos espaços.

“É com confiança que reabrimos o Hotel das Salinas e o Hotel Aveiro Center, após a implementação de um protocolo interno de procedimentos que assegura as melhores condições de segurança e de higiene aos nossos colaboradores e hóspedes. Recomeçamos ainda mais empenhados em reforçar a experiência de excelência que o mercado nos reconhece”, explica Carla Santos, diretora-geral do grupo hoteleiro.[...]

Semana Virtual com mulheres cientistas

Quatro cientistas portuguesas são convidadas a debater a tecnologia e a ciência na 3ª Semana Virtual "Cup of Tea with Scientists" de 7 a 10 de julho.
Fernando Moreira, Professor Catedrático e diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia, afirma que nesta 3ª Semana Virtual o objetivo foi "trazer a nata da ciência mundial e com portuguesas apenas", assegurando que os quatro webinars serão "conferências ao mais alto nível, provando-se, que a divulgação da ciência pode ser realizada independentemente da geografia onde cada um se encontre”.

PROGRAMA

07/07
"Antropologia forense: de uma moda a uma ciência forense insubstituível"
Eugénia Cunha, Professora Catedrática da Universidade de Coimbra


08/07
"AI for Intelligent Financial Services: Examples and Discussion"
Manuela Veloso, Professora Catedrática da Carnegie Mellon University


09/07
"Capacitação científica como motor impulsionador de desenvolvimento tecnológico e económico dos territórios de baixa densidade"
Isabel Ferreira, Secretária de Estado da Valorização do Interior


10/07
"Online Teaching & Project-Based Learning: Towards an Emerging Online Pedagogy"
Ana-Paula Correia, Professora Associada com Agregação da Ohio State University

Inscrições

[...]

OLI em hospital russo para tratar a Covid-19

A empresa portuguesa OLI foi escolhida para equipar um novo hospital em Moscovo, na Rússia, que começou esta semana a tratar pacientes com o novo coronavírus e outras doenças infeciosas.

Neste centro hospitalar de terapia intensiva e internamento, que envolve dois edifícios e um total de 554 camas, foram instalados autoclismos interiores “OLI 120” com placas de comando “Slim” e estruturas de bidé.

Esta obra de prescrição resulta da estratégia de internacionalização que a empresa tem desenvolvido na Rússia nos últimos anos. Em 2015, a OLI criou em Moscovo uma filial comercial e em 2016 uma fábrica (a primeira fora de Portugal) para produzir mecanismos, que são fornecidos diretamente aos fabricantes locais de cerâmica, e produtos que correspondam às necessidades comercias do mercado russo e dos países vizinhos. Atualmente, a OLI Rússia emprega 35 pessoas, registou um volume de negócios de três milhões de euros em 2019 e prevê iniciar a produção de autoclismos interiores a curto prazo.

Para António Oliveira, a conquista deste projeto hospitalar “reflete a confiança que a marca OLI tem conquistado a nível internacional, seja em projetos de saúde, como neste caso, ou em projetos de hotelaria e de imobiliário de referência. Graças ao investimento contínuo em inovação, conseguimos colocar no mercado produtos diferenciadores ao nível da sustentabilidade hídrica, da higiene e da inclusão. Acreditamos que este nosso compromisso com a inovação é um dos fatores que mais tem contribuído para a afirmação da marca à escala global”.


Sobre a OLI:
A OLI é a maior produtora de autoclismos da Europa do Sul. Exporta 80% da produção para 80 países dos cinco continentes. Em 2019, registou um volume de negócios de 60 milhões de euros. A empresa integra 431 colaboradores em Portugal. A fábrica trabalha ininterruptamente 24 horas por dia, sete dias por semana, e tem uma produção anual de 1,9 milhões de autoclismos e 2,8 milhões mecanismos. É a única empresa portuguesa a produzir autoclismos interiores.[...]

Portucalense com duas novas licenciaturas

No ano letivo 2020-2021, a Universidade Portucalense disponibilizará mais duas ofertas formativas de 1º ciclo - Engenharia Informática e Marketing, totalizando 13 licenciaturas.

A nova licenciatura em Engenharia Informática responde às necessidades de formar profissionais com conhecimentos e competências para responderem aos desafios da inovação e do desenvolvimento tecnológico.

Este ciclo de estudos, assegurado por um corpo docente qualificado, abrange diversas áreas de intervenção, para o pleno desenvolvimento de competências transversais, privilegiando o trabalho em grupo, e criando oportunidades de formação e investigação em colaboração com empresas e investigadores.

O plano do curso inclui um estágio curricular, que beneficia de uma rede alargada de empresas e instituições parceiras e promove a integração dos estudantes no mercado de trabalho.

Já a nova licenciatura em Marketing tem por objetivo formar profissionais capazes de conciliarem a componente estratégica da gestão de marketing com uma eficaz implementação ao nível do marketing operacional, mediante o domínio e uso dos mais avançados modelos e tecnologias.

A integração do estágio curricular no plano de estudos, possibilita aos estudantes uma proximidade com o mercado de trabalho, e a unidade curricular “Simulação de Marketing” desafiará os estudantes a desenvolverem projetos inovadores na área.

 

 [...]

Colégio de Lamas conquista Cambridge

O Colégio de Lamas tornou-se oficialmente “Cambridge Educational Partner” com um projeto pedagógico integrado que abrange todos os níveis de escolaridade, desde o 1.º ciclo do ensino básico até ao ensino secundário.

Esta chancela oficial, que é a mais importante atribuída pela Universidade de Cambridge a instituições de ensino estrangeiras, reconhece a excelência no ensino e na aprendizagem da língua inglesa no Colégio de Lamas.

Para Joana Vieira, diretora do Colégio de Lamas: “O Cambridge English representa uma mais-valia extraordinária, no sentido de proporcionar aos alunos a melhor ferramenta para interagirem com o mundo global e desenvolverem competências para o século XXI”.  

“Ser fluente em língua inglesa é um imperativo da sociedade contemporânea. Por isso, o Colégio de Lamas assume este desafio como um dos traços diferenciadores da sua oferta formativa, proporcionando aos seus alunos a melhor qualificação, reconhecida internacionalmente”, concluí.

 

 

 [...]

Microio faz parceria com a Payshop

A Payshop, em parceria com a Microio, permite agora o carregamento dos cartões escolares dos alunos, o Unicard Sige, nos seus agentes e na rede de retalho dos CTT, para posterior consumo nas escolas.

O Unicard Sige é um sistema integrado de gestão de escolas, desenvolvido pela Microio, para apoiar nas rotinas das comunidades educativas, promovendo o conforto, o bem-estar e a segurança de bens e pessoas. Este sistema pertence à empresa Microio que tem uma cobertura de cerca de 50% das escolas públicas em Portugal Continental e abrange a maioria das escolas das ilhas dos Açores. Desta forma, cerca de 200 mil alunos podem beneficiar deste método de pagamento.

O montante mínimo por carregamento é de 15,00€, havendo uma taxa de carregamento de 0,60€ (IVA incluído). Para efetuar o carregamento do cartão escolar, o aluno pode deslocar-se a qualquer um dos mais de 7.000 Pontos de Pagamento CTT/Payshop e indicar a Referência Payshop (referência de 13 dígitos que é gerada na plataforma da escola) e o montante carregado fica de imediato disponível para consumo pelo aluno.[...]

Exposição de "Clássicos"

De 11 a 26 de janeiro, automóveis e motorizadas de outros tempos, que marcaram a história da indústria automóvel e as memórias de várias gerações, estão estacionados na galeria do Centro Comercial Dolce Vita Ovar.

Ali, os amantes dos clássicos vão poder apreciar cerca de 70 “relíquias” e modelos carismáticos, como o Volkswagen Carocha, de 1966, ou a motorizada Kreidler Florettn Rennmaschine, de 1959.

Ao longo de 16 dias, esta exposição, com entrada gratuita, pode ser visitada entre as 9h e as 22h, de domingo a quinta-feira, e das 9h às 23h, na sexta-feira e sábado.

Esta iniciativa acontece pelo segundo ano consecutivo e resulta de uma parceria entre o Dolce Vita Ovar e a Classic Events, fundada em 2011 por António Silva.

Sobre o Dolce Vita Ovar:
O Dolce Vita Ovar foi inaugurado em abril de 2007 e disponibiliza cerca de 65 lojas, numa área com mais de 20 mil metros quadrados. Integra um hipermercado Continente, uma área de restauração, uma sala de cinema e o maior ginásio com piscina interior de Ovar. Possui um parque de estacionamento gratuito com mais de 1.300 lugares.[...]

Portucalense com novo Reitor

No dia 14 de novembro, Sebastião Feyo de Azevedo assumiu funções como Reitor da Universidade Portucalense (UPT), nomeado pelo Conselho de Administração. Anteriormente, desempenhou as funções de Reitor da Universidade do Porto (2014-2018) e de Diretor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (2010-2014).

A sua carreira académica e científica está centrada nos domínios da Engenharia de Sistemas de Processos e das políticas do ensino superior, nomeadamente no quadro do processo de Bolonha.

Em 2013, a sua atividade científica internacional foi distinguida com a Medalha Dieter Behrens 2013 - o mais importante galardão da Federação Europeia de Engenharia Química -, como o “reconhecimento de uma contribuição substancial em nome da Federação para elevar o perfil do engenheiro químico na Europa ou em relação com a organização, gestão e desenvolvimento da atividade da Federação”. Em 2018, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Sebastião José Cabral Feyo de Azevedo nasceu a 1 de junho de 1951 na cidade do Porto. É licenciado em Engenharia Química pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (1973) e doutorado pela Universidade do País de Gales (1982).

Para Armando Jorge de Carvalho, Presidente do Conselho de Administração da Universidade Portucalense, “esta nomeação representa para a UPT uma nova era para a instituição, pretendendo desde já antecipar os desafios que se desenham no ensino superior para a década 20/30, nomeadamente o desenvolvimento da investigação, a inovação pedagógica e a transformação do ensino superior face ao rápido desenvolvimento tecnológico previsto”.[...]

Hotéis socialmente responsáveis

O Hotel das Salinas e o Hotel Aveiro Center, unidades hoteleiras do Grupo Albói, receberam pelo terceiro ano consecutivo o selo de Responsabilidade Social “We Share”, atribuído pela AHP – Associação de Hotelaria de Portugal, ao abrigo do Programa Hospes.


Este prémio reconhece o contributo no domínio da Responsabilidade Social, durante o ano de 2018. Ambos os hotéis doaram mobiliário, colchões e têxteis, que foram entregues à ADM Estrela – Associação Social e Desenvolvimento, uma Organização Não Governamental para Pessoas com Deficiência.


Entre 2013 e 2018, a AHP entregou, através da vertente de Responsabilidade Social do Programa HOSPES, mais de 87 mil bens e equipamentos a instituições de solidariedade social, dos quais 39.350 foram entregues durante o ano de 2018. Este número foi alcançado com a colaboração de 132 unidades hoteleiras cujos bens a AHP fez chegar a 62 instituições de solidariedade social com quem tem protocolo.


O Hotel das Salinas e o Hotel Aveiro Center, localizados no centro histórico de Aveiro, foram remodelados em 2016 e 2017, respetivamente, representando um bom exemplo da hoteleira de qualidade e socialmente responsável. São as únicas unidades hoteleiras em Aveiro com os selos “We Share”.

 [...]

Início
Anterior
1